como fazer um ótimo trabalho sem ser um babaca livro Ler artigo

Eu não vou te pagar em pizza

Reflexões pós-leitura de Como Fazer um ótimo trabalho sem ser um babaca
Uma frase que costumo dizer muito é: se você acha que pode me comprar com comida, está absolutamente certo/a. Sou o tipo de gente que vai a eventos pela comida, que gosta mais de comer que de beber e tem a opinião sobre alguém influenciada por suas habilidades gastronômicas.  Contudo, quando o assunto é trabalho, nem pense em me pagar em pizza.  Não aceito uma coisa dessas.
resenha o lado obscuro Ler artigo

O lado obscuro é… obscuro

Pra dizer o mínimo.
Eu ainda não sei se gostei ou não desse livro. Provável que não. Acho que não gostei, não. A gente chega no final de O Lado Obscuro com certa satisfação pelo entretenimento, mas admitindo que a autora, Tarryn Fisher, escolheu saídas muito fáceis para situações complicadas.  É um festival de deus ex machina – uma narrativa que chamarei de sovaqueira, já que a Renata, do Retipatia, fez justamente essa descrição:  “o povo acha que para surpreender em suspense é preciso tirar explicações do sovaco”. 
o talentoso Ripley resenha livro Ler artigo

O talentoso Ripley

Tom Ripley é um vigarista por força das circunstâncias. A narrativa de O Talentoso Ripley começa com ele se passando por um agente da receita federal que tenta tirar dinheiro dos desavisados que nada entendem de imposto de renda. Afinal, esse é o primeiro dos muitos adjetivos do talentoso Ripley: ele é muito bom com números.
dia do leitor Ler artigo

Dia do leitor – você está lendo certo?

Dicas de saúde para comemorar o 7 de janeiro muitas vezes
Não, esse texto não é sobre técnicas de leitura dinâmica ou de interpretação de texto - embora os dois temas rendam uma boa conversa. Pra comemorar o Dia do Leitor 2021 escolhi falar um pouquinho sobre nossos hábitos oftalmológicos de leitura. Mas, Laís, você é oftalmologista, por acaso? Claro que não - mas sou jornalista; fazer perguntas para especialistas é uma das habilidades da profissão. ;p
contemporâneo Ler artigo

O guia do Mochileiro das Galáxias e o contemporâneo

O Guia do mochileiro das galáxias, de Douglas Adams, conta a história de Arthur Dent, um terráqueo que pega carona em uma nave especial alguns minutos antes do fim do mundo. Isso você já sabe. O que talvez ainda não saiba é que, num desses dias, em que eu não tinha nada a problematizar, tentei analisar O Guia por outra ótica, mais alegórica – e sei que, já nesse início, os estudantes de Letras vão me xingar...
cantinho de leitura Ler artigo

Você tem um cantinho de leitura?

Essa é uma entrevista - e não um publipost
Assim como grande parte da população que não chegou aos 40 e não ficou milionária antes dos 30, moro de aluguel. Essa alternativa me dá poucas opções de adaptação e reforma do espaço e atrasa muito meu projeto de ter um cantinho de leitura.  Mesmo assim, sigo sonhando. Busco referências aqui e ali, tento imaginar onde e como aqui em casa eu conseguiria fazer esse espaço para leitura (à prova de pets, inclusive) e, principalmente, como encontrar uma identidade para ele. Acredito que um cantinho de leitura tem que ter a cara de quem o vai utilizar, até porque, se tudo der certo, vai ser um lugar onde a gente passa muito tempo...  Desde que encasquetei com a ideia de fazer meu cantinho de leitura, mesmo em um apê alugado, de 60m2, várias dúvidas
como montar um clube do livro Ler artigo

Como montar um clube do livro?

E, se montar, me chama.
Recentemente assisti ao filme A Sociedade literária e a torta de casca de batata, que é baseado em um livro de mesmo nome, e fiquei tentada a fazer uma espécie de sociedade literária também. Motivo: adoro falar de livros quando eles me tocam profundamente ou me divertem bastante. Obstáculo: montar um clube do livro não é fácil.
livros sobre culinária Ler artigo

Livros sobre culinária para dominar a cozinha

Você já se viu querendo fazer uma receita sem ter por perto nenhum livrinho bacana com sugestões?
Pois é: os caderninhos, do tempo de nossas bisas, avós e mães parecem ter sumido da vista assim que a tecnologia tomou conta. E, vem cá, é bem mais fácil checar os sites de receitas do que os livros sobre culinária, né? Mas...  (sim, esse blog sempre tem um “mas”) ... enquanto olhar receita na internet é super prático, esse hábito também pode te deixar na mão. E se faltar rede? E se a internet estiver ruim? E se você estiver sem bateria ou, simplesmente, sem paciência para sugestões de algoritmo?  É aí que os livros sobre culinária podem te ajudar. E digo mais: seja na versão física ou como e-book para ler no Kindle, esses livros podem não só te ensinar receitas como, também, te inspirar a comer melhor e a se divertir na cozinha. É

Assine a newsletter!

Deixe seu e-mail e você receberá o Literama em sua caixa de entrada!