Artigos da categoria:Escrita Criativa

O discurso de Rowling

Existem duas formas fáceis de encontrar as obras de J.K. Rowling em uma livraria: procurando por Harry Potter – qualquer coisa de Harry Potter – ou por Robert Galbraith, pseudônimo da escritora para sua linha de ficção não-fantástica, da qual indico fortemente Morte súbita. Dia desses, passando por uma loja de artigos nerd, me deparei …

Como descobrir sua linhagem criativa

Foi lendo Austin Kleon (a essa altura do campeonato, você já percebeu que curti mesmo o livro dele) que descobri que, muito provavelmente, o que eu penso não vem da minha cabeça.

Assim, até vem; mas meus pensamentos são conduzidos pelas sugestões que outras pessoas me dão – geralmente, as que eu leio. Cada pensamento gerado vai criando outro pensamento, e outro, até que as ferramentas de que preciso para escrever um texto chegam à cena: os argumentos estão lá, as ideias foram maturadas… mas a origem …

Como a morte influencia a escrita

Tenho noção do quanto esse título é esquisito. ;p Mas é que ando percebendo o quanto ele também é real. Se, por um lado, temos inúmeros escritores que parecem “desvendar” a morte para nós, através da ficção – e, para quem acredita, da não-ficção psicografada –, por outro há um interesse infindável sobre o assunto. …

O dilema da mesa analógica

Trabalho em casa. No meu escritório tem uma mesinha de 40cm x 50cm. Sei disso porque acabei de medir. Nela, repousa um MacBook Pro 2012, um teclado, um mouse e um aparador de mouse que serve como descanso de copo. No canto direito, um porta-lápis onde se lê “OMG, I’M SO RETRO!” cheio de lápis, …

Meus autores favoritos

Li em algum lugar que, para conseguir ver o horizonte, podemos nos apoiar nos ombros de gigantes. Concordo e fico feliz em roubar um pouco do potencial dos meus de vez em quando. Sim, dos meus. Tenho gigantes de estimação que guardo não só na estante mas, também, na mente. Pessoas que me guiam e …

O dia em que roubei de um japonês

Recentemente escrevi um artigo sobre o livro “Roube Como um Artista” (você pode ler – ou reler – o texto aqui). De todas as citações que destaquei, três me marcaram profundamente. São elas: #1 “Fazemos arte porque gostamos de arte. Somos atraídos por certos tipos de trabalho porque as pessoas que fazem esses trabalhos nos …

Assine a newsletter!

Deixe seu e-mail e você receberá o Literama em sua caixa de entrada!