#21: 10/04/17

La Clave

Era 28 de janeiro de 2015. A manhã de seu aniversário de 28 anos trazia a promessa de boas energias e renovação, como todos os aniversários anteriores. Às onze da manhã, no entanto, veio o presente que mudaria sua vida para sempre.

No Facebook, um argentino que ela conheceu dois meses antes, em um evento de filosofia e empreendedorismo, lhe fazia o convite:

– Precisamos de uma pessoa de comunicação para nos ajudar no próximo programa, e pensamos em você. Topa vir? Começamos em 15 de março.

O coração deu um pulo. Dois pulos. O cérebro fez as contas: cada programa dura dois meses, e março estava a menos de 40 dias de distância. Ela tinha que decidir. Agora.

Então, disse “sim”.

Com o apoio da família, do namorado e dos amigos, embarcou para uma grande aventura.

Chegou a Santiago às dezoito, hora local, e pegou um ônibus para Viña del Mar em seguida. Sem falar espanhol, se virou. Chegou a seu destino às dez da noite. Era uma cidadezinha chamada Reñaca, banhada pelo oceano Pacífico.

Dois anos depois, ela ainda leva consigo a chave da casa que foi sua por dois intensos meses, em que ela descobriu mais sobre si mesma. Inclusive que ela sabia falar espanhol – ou melhor, chileno – muito bem. Ela só não tinha tentado ainda.

Deixe um comentário

Assine a newsletter!

Deixe seu e-mail e você receberá o Literama em sua caixa de entrada!